Cabelo Loiro

As melhores cores são cabelo loiro decididamente luxuoso. Midas toque que pode iluminar a pele e melhorar os seus olhos para um efeito surpreendente, mesmo se você está livre de maquiagem. A pesquisa para o ouvido absoluto é uma questão de equilíbrio – escolha tons suaves e claros, se você tem pele clara e cores quentes e profundas se a sua pele é mais escura. E reduzir as opções com o loiras mais proeminente (e morenas e ruivas) no nosso radar neste momento.

 

cabelo loiro sempre foi um favorito. Embora celebridades se envolver com tons mais escuros, loiros ser sempre um padrão.

Se você está planejando um trabalho de coloração visite nossa edição dos melhores celebridades loiras – loiro escuro e luz, incluindo o mel clássico e platina ou ‘Brown Loira’ – para novas cor de idéias de cabelo.

 

Uplights Ombre são um cabelo forte tendência com Jessica Alba e Beyonce tanto a escolha mais quente, tons de loiro mel. Perfeito para cabelo cores mais escuras, luzes ombre adicionar profundidade e textura, enquanto o resultado global de doces cabelos loiros – smooth re-crescimento de raízes escuras. (Não se deixe influenciar pelos destaques, no entanto, este ano é sobre abraçar o calor de sua pele.)

Veja também: Colorimetria que podem nunca precisa

para loiras naturais, tomar notas modelos Georgia May Jagger, Jessica Hart e Cara Delevingne e optar por tecidos mais macios destaque em tons mais naturais mais escuras para uma cabeça cama suja olhar loira. Você usar solto, longo e com um monte de tratamento de condicionamento para garantir a cor do cabelo loiro permanece fresca e brilhante.

Se este for aviso-me cor de cabelo que você gosta, então loura platinada cor do cabelo é uma boa escolha. Faça como Carey Mulligan com seus tons de cor champanhe do vintage e optar por bloquear ou, para um olhar mais variado, o trabalho em um penteados Bob como Nicole Richie e Jennifer Lawrence.

Olha só os Pós descolorante que elas usam

Sendo o nosso melhor loira tem que ser Michelle Williams, que, apesar de parecer que a queda de cabelo se algumas folhas de sombra mais clara, consegue puxar o mais brilhante quase nunca loira. Prestige.

cabelo loiro caramelo quente através de tons de branco cinzentas loiro, cabelo loiro obter idéias a partir dessas celebridades – basta escolher o seu tom favorito, imprimir e levar para salão de beleza.

 

Dicas para Organizar os Estudos com Mapas Mentais

Organizar os estudos significa aprender mais em menos tempo. E uma ótima forma de fazer isso é usando mapas mentais para sintetizar e memorizar o conteúdo estudado.

Os mapas mentais são diagramas em forma de ramificações, composto por palavras-chaves e imagens, que servem para representar a esquematização de um assunto central, facilitando a sua memorização. Essa técnica é uma excelente ferramenta visual para melhorar o desempenho do seu aprendizado.

Para que você use todo o potencial desses mapas e organize melhor os seus estudos, separamos algumas dicas essenciais:

Selecione os assuntos mais importantes

Os mapas mentais são ótimas técnicas para melhorar os estudos, mas é preciso usá-los com equilíbrio. Ou seja, não se deve fazer uma grande quantidade de mapas e desperdiçar o seu precioso tempo.

Faça um planejamento selecionando os conteúdos que merecem uma atenção especial e construa os mapas mentais para eles. Escolha, de preferência, assuntos que mais caem em provas e também que sejam mais difíceis de memorizar. Um bom planejamento é essencial para conseguir seu objetivo de aprovação, como bem definido pelo Kalebe Dionísio do Guia Prático para Passar em Concurso Público em 1 ano.

Fazer mapas mentais à mão ou no computador?

Você pode criar seus próprios mapas mentais de duas formas, desenhando à mão, ou usando um software ou aplicativo para isso.

As vantagens de fazer com papel e canetas é a maior personalização e também o fato de você ir memorizando todo o processo de criação e montagem das informações.

Mas, se não tiver muito tempo disponível, opte por fazer no computador e depois imprima para poder carregar com você e consultar sempre que tiver alguma brecha no seu dia a dia.

Como criar mapas mentais eficientes

É importante começar com a ideia principal escrita no centro do mapa, para que ele possa ser dividido em dois lados, formando um mapa com ramificações partindo de dois “braços”.

Outra característica essencial dos mapas mentais eficientes é o uso de imagens como símbolos, ícones, desenhos e fotos para ilustrar cada ideia, de forma a facilitar a memorização.

Além disso, para melhorar a visualização e deixar o seu estudo mais organizado, faça sua esquematização usando várias cores, agrupando dados sobre um mesmo subtítulo com a mesma cor. Isso ajuda a gravar na memória de longo prazo a posição correta de cada informação contida no mapa mental, essa boa organização é fundamental por exemplos para elaboração de um TCC, como bem especificado no curso sobre como produzir um TCC (TCC sem Drama) do Amilton Quintela.

Uma dica muito importante que você não pode deixar de lado: faça as ramificações de forma curva ou com forma de galhos, evite usar linhas retas, já que o cérebro se familiariza mais com ramos irregulares.

Faça uma fusão de ideias

Compare os mapas mentais que você já tem com outros feitos por seus colegas de estudo ou encontrados em fontes confiáveis na internet.

Complemente os seus esquemas com o conteúdo dos demais mapas, assim você enriquece seus conhecimentos e não deixa passar detalhes importantes.

Mas, cuidado com o excesso de informações, não faça seus mapas mentais muito grandes para não prejudicar a memorização. Lembre-se de que devem ser gravados na memória de longo prazo com facilidade.

Gostou das dicas deste artigo? Você já usa mapas mentais nos seus estudos? Conte sobre a sua experiência e compartilhe com seus amigos.